Rua Euclides Goncalves Ferreira, 2001 Casa, Boa Vista, Contenda/PR — CEP: 83725-000

(41) 99963-5572
Notícias

Aumento da taxa de juros pode prejudicar muito as empresas brasileiras

A dívida bruta mediana das empresas listadas na bolsa cresceu 12% do 3t21 ao 3t22.

Autor: Yasmin CamposFonte: A Autora

- A dívida bruta mediana das empresas listadas na bolsa cresceu 12% do 3t21 ao 3t22.


- O subsetor bovespa que mais aumentou a sua dívida foi o de "computadores e equipamentos" com 80%, seguido por "Embalagens" (65%) e "Automóveis e Motocicletas" (46%).


- Destacam-se as seguintes empresas dos setores acima que puxaram mais fortemente o indicador de dívida bruta: Intelbras e Positivo; Irani; e Metal Leve.


- Com relação às despesas financeiras, houve um aumento mediano de 55% do 3t21 ao 3t22.


- O subsetor bovespa que mais aumentou a sua dívida foi o de "computadores e equipamentos" com aumento de 172%, seguido por "Madeira e Papel" (170%) e "Serviços Médico-Hospitalares" (153%).


- Destacam-se as seguintes empresas dos setores acima que puxaram mais fortemente o aumento das despesas financeiras: Intelbras e Positivo; Suzano Holding subiu muito forte, mas a Suzano S.A. caiu muito forte, além disso tivemos Dexco e Melhoramentos SP; e Hapvida e QualicorpComentário: empresas alavancaram forte no último ano. Com aumento dos juros e esse nível de alavancagem, podemos ter empresas com problemas financeiros. Algumas delas têm um risco de insolvência bastante elevado (com base no indicador proprietário da Economatica). Por exemplo, a Melhoramentos tem um risco de insolvência de 30%, contra a média de 23% no setor (Suzano tem 18% e Klabin tem 19%). Hapvida tem 28% contra média do setor de 24%.

Últimas Notícias

  • Empresariais
  • Técnicas
  • Estaduais
  • Artigos
  • Melhores

Agenda Tributária

Período: Fevereiro/2023
D S T Q Q S S
   01020304
05060708091011
12131415161718
19202122232425
262728

Cotação Dólar